top of page

O filhinho da mamãe

Atualizado: 31 de jan. de 2023

O que leva os pais, a jogarem nos filhos, seus sonhos não realizados?


Fonte: Desconhecida


A constituição da identidade dos indivíduos ocorre através da combinação entre a identificação com as questões culturais e o esforço em agradar aos outros. Neste sentido, a influência dos pais na inserção desse novo sujeito na cultura é crucial. Ao considerarmos o narcisismo parental, somos levados a refletir sobre questões atuais que envolvem a relação entre narcisismo e cultura, e a crença da sociedade de que é possível alcançar a felicidade, como mencionado por Freud ao apresentar o princípio do prazer como o objetivo da vida. No entanto, a felicidade é apenas temporária, o que resulta em uma eterna tensão entre as idealizações e a realidade.

A relação narcisista entre pais e filhos é evidente na sociedade contemporânea, pois os pais projetam em seus filhos seus próprios desejos, buscando transformá-los em uma imagem atualizada de si mesmos. Este comportamento reflete a busca por uma felicidade inalcançável, na qual a responsabilidade é dos filhos em realizar os sonhos dos pais. Esta expectativa pelo filho perfeito é um sintoma comum na atualidade, uma vez que os pais desejam que seus filhos alcancem o que não conseguiram, como se o filho pudesse ser uma exceção. Na verdade, os pais buscam estabelecer uma relação com a sua infância e as frustrações de sua adolescência, onde o filho surge como uma oportunidade de satisfazer aquilo que ficou no passado.

38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page